Rede social de notícias no Brasil: Youtube ultrapassou WhatsApp.

Plataforma de vídeos bate WhatsApp e Facebook e conquista a liderança.

Acompanhar as novidades na internet é super normal, mas os sites e as redes utilizadas para esse fim estão em constante mudança. Um novo relatório do Reuters Institute mostra que o YouTube é hoje a principal fonte de informação de notícias no Brasil.

De acordo com a edição de 2022 do Digital News Report do Reuters Institute, 43% dos entrevistados usam o YouTube para notícias, um aumento de quatro pontos percentuais em relação ao ano anterior. O WhatsApp ficou em segundo lugar com 41%, dois pontos percentuais abaixo de 2022. Em 2021, o líder pertence ao Facebook. Ele está agora em terceiro lugar com 40%, uma queda de 7 pontos.


Redes sociais abrem distância para TV

Imagem da Internet

O YouTube cresceu, e não é só ele. Hoje em dia as mídias sociais são a fonte de notícias para 64% das pessoas entrevistadas, enquanto 55% obtêm informações assistindo à TV. As redes sociais ultrapassarão a TV em 2021, mas por uma margem muito menor: 63% vs 61%.


Instagram cresce, e TikTok também estão na lista.

No entanto, o crescimento da rede não é homogêneo. Enquanto o Facebook despencou e o YouTube subiu, o Instagram e o TikTok ganharam muito compartilhamento.

O Instagram passará de 30% em 2021 para 35% em 2022. A rede continua em quarto lugar, uma posição que parece estar bem .

O TikTok estreou na lista do Reuters Institute, que reúne seis das redes mais importantes de cada país, ficando em sexto lugar, sendo usado ​​como fonte de informações de notícias por 12% dos entrevistados, um aumento de 5 pontos percentuais em relação a 2021.

A pesquisa entrevistou 2.022 brasileiros entre janeiro de 2022 e março de 2022. O questionário foi administrado pela YouGov e utilizou fontes de informação de pesquisas locais.

Posts recentes

julho 2022
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Pagamento Via PIX - Connect